quinta-feira, 14 de junho de 2012

Ao ilustríssimo Pr Silas Malafaia

    Ao Ilustríssimo Pr Silas Malafaia.

Não sou crítico, e nem pretendo este título, também não busco fama, espaço ou qualquer privilégio, advindo de glória humana, ainda que os tivesse, não me gloriaria neles; antes, os entregaria ao meu Rei. Busco sim, riquezas e galardão, mas não os deste mundo, pois me ensinou o meu Rei, que os ajuntasse, no céu. É lá que pretendo estar um dia e também ver comigo, todos os que compreenderam a sua proposta.
Pois o céu, é o reino do meu Rei (...o meu Reino não é desse mundo... - Jo 18:36). E lá quero ser grande, fazendo-me aqui, o menor. É assim que Ele quer; isto é crescer em graça.
     Viver com abundância, não significa apenas; dinheiro e nunca poder... Lembra-te do endro, do coentro e da hortelã, no Reino do meu Rei há equidade e nunca insanidade, a cobiça, não é um atributo dos meus conservos, mais pecado. 
     É com grande tristeza, acredite pastor, que assisto ao atual quadro do "cristianismo". Quem lhe conheceu na Penha, hoje se espanta ao vê-lo tão convicto do engano, pois não tem mais sido sensível à palavra como dantes fora e esquece-se que Cristo veio ao mundo na figura inversa a esperada. 
    O objetivo de seu ministério, é tão somente o resgate das almas humanas, e devemos adorá-lo pelo preço que por nós foi pago e não pelo que aspiramos conseguir aqui nesta terra. Quanto ao seu espaço e a sua relevância, apresente-os ao Senhor (ai dos que são sábios à seus próprios olhos e prudentes diante de si mesmos - Is 5:21), quanto aos insignificantes... (Vede, não desprezeis algum destes pequeninos, porque eu voz digo que os seus anjos nos céus, sempre vêem a face de meu pai que está nos céus (Mt 18:10) e ainda lhe afirmo com segurança, que muitos dos  ilustres desconhecidos, estão para nós hoje como o objeto de culto ateniense a que Paulo fez menção em At. 17, tendo que Deus, não escolhe poderosos e famosos para fazerem a sua obra e muitas vezes no anonimato, se revela o extraordinário poder de Deus. Quando Ele quer  chamar, chama um pequeno pastor de ovelhas do meio das malhadas e o transforma em príncipe e rei sobre a terra...
    Ilustre Pr: Não combina com um ungido de Deus, dirigir-se a seus conservos desta forma, em nome de Cristo, resgate a posição espiritual que é sua por vontade de Deus, a que lhe fez grande no Reino do nosso  Cristo, para guiar suas ovelhas (as Dele), conforme a sua vontade, e creia; Não foi o dinheiro ou a mídia que lhe pôs aí. Se é que ainda acredita em Deus. 
    Quanto aos que lhe criticam sem conhecimento, assim como eu, possa ser entendido hoje; glorifique a Deus  por nossas vidas. Porquê nestas nossas pequines, fraqueza e  insignificância, que o poder de Deus se aperfeiçoa na Terra.

    Respeitosamente: Joaci Porto.